6 de ago de 2016

Empreendedores conhecem estratégias de inovação para fortalecer os negócios

II Semana de Inovação e Empreendedorismo foi realizada pelo Sebrae e teve a participação de mais de 200 pessoas
Vívian Rodrigues
Mais de 200 pessoas participaram, entre os dias 2 e 4 de agosto, da II Semana de Inovação e Empreendedorismo, que aconteceu em Feira de Santana nas sedes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sebrae. O evento promoveu talkshows, palestras e clínicas tecnológicas, apresentando a inovação como estratégia essencial para que o empresário crie diferenciais no negócio, garantindo a competitividade no mercado.
Startups, negócios nas redes sociais, neuromarketing, novas tecnologias e práticas de gestão foram alguns dos temas abordados no evento, realizado pelo Sebrae. Ângelo Nola, engenheiro e professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) foi mediador do talkshow sobre startups com o empresário André Luiz Batista, da IaiNet. Eles apresentaram experiências com o modelo de negócio, o conceito de startps e falaram sobre esse mercado em Feira de Santana. “Houve uma discussão interessante com o público. O evento fomentou novas oportunidades de negócios e estimula eventos como este mais pra frente”, avalia Ângelo.
No evento, houve espaço também para apresentação de cases de sucesso. Adolfino Neto, dono da empresa Próton Sistemas, falou sobre a evolução da sua empresa e a formação de revendedores do seu software no exterior a partir da parceria com o Sebrae.
Já o coordenador de apoio à competitividade empresarial da Fundação de Amparo ao Pesquisador do Estado da Bahia (Fapesb), Alzir Antonio Mahl, apresentou, no encontro, o edital de recursos de subvenção econômica para projetos em inovação tecnológica. Ele acredita que, através dos investimentos em inovação, uma empresa pode produzir mais e melhor, reduzir custos e contratar mais pessoas, desenvolvendo os negócios na cidade. “Esperamos que a gente possa incrementar a produtividade e melhoria da competitividade em Feira de Santana e região. A Semana é um incentivo para que as pessoas apresentem seus projetos”, pontua Mahl.
Neuromarketing
Em outro momento, o pesquisador e neurocientista Alex Born apresentou aos participantes diversas análises do comportamento do consumidor, resultados gerados de campanhas publicitárias e o neuromarketing, ciência que estuda as reações do cérebro quando uma pessoa é exposta a anúncios e produtos.
Segundo o especialista, o neuromarketing pode ser utilizado pelas grandes empresas e indústrias, mas também pelo comércio local, a partir dos estudos já feitos. Como um site é colocado, como uma promoção é feita, como o lançamento de um produto é desenvolvido, as melhores estratégias comerciais e como uma marca pode ganhar ou perder força são alguns dos estudos desenvolvidos nesse campo. “Esse é grande diferencial: fazer o cliente comprar na sua empresa, tornar sua marca forte e impactante com as ferramentas corretas” explicou Born.
Mayonara Santos é formada em Administração e trabalha há um ano vendendo roupas femininas. Interessada em desenvolver o seu negócio, ela foi ao evento em busca de conhecimento e ficou entusiasmada com a palestra sobre neuromarketing. “É importante ouvir e ter outras visões em qualquer ramo de negócio e, como foi dito aqui, sair pela porta com uma visão diferente. É isso que eu busco, melhorar a cada dia”.
Inovação para Feira
O empresário Fabrício Falcão é coordenador administrativo da Liga de Empreendedores de Feira de Santana. Ele destaca como a inovação é fundamental para a sobrevivência de uma empresa no mercado. ‘’A Semana vem só a acrescentar valor para a cidade, para que os empreendedores pensem como a inovação pode influenciar na geração de valor para seus clientes. E só pensando em como melhorar os resultados você vai conseguir manter uma empresa perene e que ela perdure por gerações”, disse.
Para o técnico do Sebrae em Feira de Santana, Eduardo Simas, a Semana trouxe resultados satisfatórios. “O evento marca o calendário de Feira de Santana e se consolida por apresentar ao empresário estratégias para impactar no mercado de forma inovadora, com tendências mercadológicas e outras estratégias para desenvolver o seu negócio”.
Fonte: Agencia Sebrae


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui