8 de set de 2016

Censo 2015 divulga dados sobre a qualidade da educação no Brasil

Estudo revela como está a educação no país, segundo avaliação em diversas escolas no Brasil
Anualmente é elaborado o Censopara avaliar a qualidade da educaçãono Brasil, baseando-se em dados estatísticos, a fim de mostrar a realidade do ensino no país, bem como outros fatores que envolvem este tema, como a qualidade das escolas, o acesso às tecnologiase as dependências das instituições de ensino (quadras poliesportivas, bibliotecas, saneamento básico, etc.). Mais do que exemplificar, esse estudo tem como fim a apresentação da real situação dos estudantes e da educação como construtora de bons cidadãos.
O site QEdu divulga informações referentes a muitos campos que são abordados nessa pesquisa, sempre em nível municipal, estadual e para todo o país, como por exemplo:
  • Ideb, o principal indicador da qualidade da educação no Brasil;
  • Dados oficiais de aprendizado em português e matemática para o 5º e 9º anos do ensino fundamental, obtidos por meio do resultado da Prova Brasil;
  • Perfil dos alunos, professores e diretores das escolas que realizaram a Prova Brasil, o que falam sobre práticas de estudo e práticas de ensino, suas percepções e ocorrências na escola;
  • Número de matrículas, nível socioeconômico dos alunos e informações sobre infraestrutura das escolas (existência de bibliotecas, equipamentos para prática esportiva, sala de informática e internet, saneamento etc.) obtidas por meio do Censo Escolar;
  • Pontuação do Enem por escola e área do conhecimento;
  • Taxas de aprovação, abandono e reprovação, também conhecidas como Taxas de Rendimento;
  • Distorção idade série, que informa quantos alunos estão matriculados com dois anos de idade ou mais em relação ao adequado para a série
No último relatório sobre a educação brasileira, alguns dados merecem a atenção devido a aspectos mais relevantes quanto ao seu resultado. Esses dados são comparados aos dados anteriores, do ano de 2014:
  • O percentual de escolas com internet atingiu 65%, de acordo com o Censo Escolar 2015 (crescimento de 4 pontos percentuais comparado com 2014);
  • O percentual de escolas com biblioteca permanece constante e atinge pouco mais de um terço das escolas;
  • O percentual de escolas com dependências acessíveis aos portadores de deficiência cresce ligeiramente (crescimento de 2 pontos percentuais comparado com 2014);
  • Mais de um terço das escolas (34%) possuem quadra de esportes (crescimento de 2 pontos percentuais comparado com 2014);
  • Cresce o % de escolas com sala para atendimento especial (de 14% em 2014 para 16% em 2015), aponta Censo Escolar 2015;
  • Maioria das escolas no Brasil segue sem acesso à via pública de esgotos.
Apesar de muitos setores obterem um crescimento acentuado – destaque para a questão da acessibilidade e da inclusão escolar -, o saneamento básico é um fator preocupante em grande parte das escolas brasileiras, uma vez que o saneamento básico é umas das necessidades “básicas” ao ser humano, assim como a moradia e a segurança.
Outro ponto muito importante nessa análise educacional é o cruzamento das metas com os objetivos já estipulados do Observatório do PNE (Plano Nacional de Educação), que desde junho de 2014 elabora metas, diretrizes e estratégias de concretização para uma educação de qualidade e consta como uma lei ordinária. Confira dois dados que chamam a atenção quando comparados aos resultados do último estudo:
  • Número de matrículas em educação especial caiu 4,4% em comparação com 2014 (relação com a meta 4 – Educação Especial/Inclusiva);
  • Número de matrículas no EJA caiu 2,8% em comparação com 2014 (relação com a meta 10 – EJA integrada à Educação Profissional)
Estes são os dados atualizados dos aspectos educacionais no Brasil. Em alguns sites é possível ver também as metas para os próximos anos quanto à educação nos ensinos básico, fundamental e médio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui