4 de nov de 2016

Centro de Oncologia Infantojuvenil do HEC completa três anos de funcionamento


O Centro de Oncologia Infantojuvenil (COI) do Hospital Estadual da Criança (HEC) / Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI) completa três anos de funcionamento neste sábado (5). Para celebrar a data comemorativa, a equipe da unidade vai realizar, na próxima quinta-feira (10), às 10 horas, uma festa para os pacientes com o tema “O mundo fantástico do circo”.

Na programação, animadores, mágicos e palhaços, bem como músicas e brincadeiras para os pacientes internados e em tratamento no ambulatório da Oncologia. Neste setor, o tratamento é realizado em pacientes com diversas patologias, a exemplo das leucemias, linfomas, tumores do sistema nervoso central, tumores de partes moles, tumores hepáticos, tumores renais, entre outras.

De acordo com o coordenador da unidade, Dr. Maurício Meira, apesar de coordenado pelos oncologistas, o tratamento do câncer pediátrico é multidisciplinar. “Contamos com a participação importante de todos os profissionais envolvidos, para aumentar cada vez a sobrevida das crianças com câncer”, declara.

Equipe - A equipe do Centro de Oncologia é composta por médicos, enfermeiras, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, psicólogos, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais. Além dos oncologistas, outros profissionais estão envolvidos no tratamento do câncer infantil, como os neurocirurgiões, radioterapeutas, patologistas, cirurgiões pediátricos, nefrologistas, hematologistas, cardiologistas, odontologistas, emergencistas, intensivistas e pediatras.

Apoio – O Centro de Oncologia do HEC conta com o importante apoio de dois grupos de suporte ao paciente com câncer, o GAAC (Grupo de Apoio à Criança com Câncer), em Salvador, e a AAPC (Associação de Apoio a Pessoas com Câncer), em Feira de Santana. A unidade do Grupo de Apoio a Crianças com Câncer, em Salvador, presta um grande suporte aos pacientes, inclusive na realização de exames de alta complexidade.

“Eles também nos ajudam com o alojamento nos casos de pacientes do nosso serviço que necessitem realizar algum exame ou procedimento em Salvador”, explica Dr. Maurício Meira. O médico acrescenta: “Contamos, também, com o apoio direto da AAPC (Associação de Apoio à Pessoa com Câncer), que é a casa de apoio local, aqui em Feira, a qual fornece alojamento, alimentação e transporte para as crianças das outras cidades baianas que vem realizar tratamento conosco”.

Diagnóstico - O COI do HEC conta, ainda, com dois importantes convênios para o diagnóstico dos pacientes com suspeita de câncer. Um deles é o Laboratório de Imunologia e Biologia Molecular (ICS/UFBA), o qual realiza os exames de imunofenotipagem, de fundamental importância para o diagnóstico e acompanhamento das leucemias agudas na infância, as quais representam cerca de 25% de todos as neoplasias malignas da referida faixa etária. A equipe do Laboratório de Imunologia e Biologia Molecular é composta por hematologista e biomédicos.

Outro convênio de importância semelhante é com o CEDAPI, clínica de anatomia patológica onde todos os exames da referida área são realizados, com agilidade e discussão dos casos entre as equipes, para que se possa dar os diagnósticos dos casos e iniciar os devidos tratamentos.

Em relação aos diagnósticos das leucemias, ainda contamos com a ajuda do Serviço de Hematologia do HCFM/USP (Laboratório de Biologia Tumoral e Citogenética) e do Programa de Hematologia-Oncologia Pediátrico do INCA. São realizados por esses laboratórios exames de citogenética e biologia molecular, que ajudam a fazer um diagnóstico mais apurado e um seguimento importante para algumas das leucemias.

Radioterapia - A UNACON (Feira de Santana) realiza os procedimentos de radioterapia para os pacientes que não necessitam de sedação e que são provenientes de cidades com pactuação do sistema de saúde com a cidade de Feira de Santana. “Gostaríamos de ressaltar este apoio que nos é dado pela UNACON e a assistência digna prestada para os pacientes oncológicos, mesmo esta unidade não sendo especializada no atendimento do paciente pediátrico. As nossas crianças são tratadas com extremo carinho e competência”, frisa Dr. Maurício Meira.


Enviado por Paula Macedo (Jornalista - Assessora de Comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui