9 de nov de 2016

Equipe do Novembro Azul atende no Mercado de Arte Popular de Feira


Aos 56 anos, o servidor público José Ramos de Jesus pela primeira vez fez o exame de PSA, que pode detectar câncer na próstata. 

Foi um dos homens que foram ao Mercado de Arte Popular (MAP), onde a Secretaria da Saúde montou uma base para atender esta demanda.

“Até então nunca vi necessidade de fazer o exame. Mas agora sei que é melhor prevenir porque esta doença é traiçoeira”, afirmou.

Neste mês se comemora o Novembro Azul, com iniciativas focadas na conscientização para a realização dos exames relacionados à doença.

No MAP, a equipe vai atender às terças-feiras, até por volta do meio-dia, com demanda livre. Não há necessidade de marcação de horário.

O atendimento é para homens a partir de 50 anos. Numa triagem são informados que para fazer o exame devem se abster de sexo durante três dias.

Outra orientação é que não devem andar de motocicleta, bicicleta ou a cavalo, atividades que podem contrair a próstata.

São condicionantes que visam evitar alterações nos resultados, de acordo com o enfermeiro Hélder Sales, que coordena a equipe.

Os homens com idades inferiores a 50 anos e com fator de risco à doença estão sendo encaminhados ao Hospital Dom Pedro de Alcantara (HDPA).

O grupo é formado por médicos clínicos gerais, enfermeiros e técnicos de enfermagem. O sangue é recolhido no local.

Além do PSA total, são realizados hemograma, ureia e creatinina. Os resultados são entregues em uma semana, no HDPA.

Ainda de acordo com o enfermeiro, os casos de alterações serão encaminhados para os hospitais de referência.

O atendimento está sendo prestado às segundas-feiras no Centro de Abastecimento e às sextas-feiras nas feiras-livres da Estação Nova, Tomba e Cidade Nova, na unidade móvel.


Fonte: Secom/PMFS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui