15 de nov de 2016

Estudantes do Colégio Luiz Viana Filho, em Feira de Santana, falam sobre a ocupação em protesto contra a PEC 241/55 e a reforma do ensino médio.

Fotos: Marcone Reis


Em mobilização desde o dia 07 de novembro, organizados em equipes e comissões, e em constante contato com pais e professores, os estudantes que ocupam o Colégio Govenador Luiz Viana Filho, localizado no bairro da Cidade Nova em Feira de Santana estão protesto contra a PEC 241/55 e a “Reforma do Ensino Médio”, em virtude disso eles têm desenvolvido uma série de ações de mobilização, articulação. palestras, reforço escolar e integração com pais de alunos.

De acordo com declarações dos líderes das comissões eles estão apoiados por pais, diversos professores e pela Associação dos Estudantes Secundaristas de Feira de Santana (AMES). Os grupos iniciaram uma série de consertos e reparos na estrutura da escola, tais como, capinação, limpeza, recolhimento de resíduos, arrumação entre outras, e estão com pretensões de reinstalar a rádio escolar, a qual tem uma média de três ou quatro meses sem o funcionamento devido e efetivo. 

Ainda segundo os estudantes, a escola permanece aberta à comunidade, que pode participar de oficinas, roda de conversas, aulas diversas e reforço escolar.

Ouvimos estudantes ocupados que discorreram  à nossa reportagem sobre o ato de ocupação, os motivadores, os apoios e a consciência política de participar ativamente deste momento histórico no Brasil. Acompanhe no podcast abaixo.




Por Marcone Reis e Emerson Azevedo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui