17 de jan de 2017

Artesãos do Feira Produtiva expõem no Mercado de Arte Popular de Feira de Santana

Mulheres do Grupo Mãos que Realizam levaram seus trabalhos para o entreposto

Bonecas de lã, chaveiros, colares e necessaire. Estes são alguns dos itens produzidos artesanalmente pelo grupo de mulheres “Mãos que Realizam” expostos a comercialização no Mercado de Arte Popular. O grupo, que atende mulheres de diversos bairros de Feira de Santana, é contemplado pelo projeto Feira Produtiva.
 
A partir desta segunda-feira, 16, pelo menos três comunidades urbanas e rurais, assistidas pelo Feira Produtiva, estarão expondo no Mercado de Arte. As segundas, quartas e sextas-feiras o espaço será reservado para o artesanato. Já as terças e quintas-feiras para o segmento de alimentos, quando serão colocados a venda sequilhos, cocadas, bolos, beijus e compotas.
 
O Feira Produtiva é executado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e visa melhorar as condições de vida das pessoas, através da capacitação, orientação e suporte para o trabalho.
 
De acordo com o assistente técnico do projeto, Gerinaldo Lima, todas as atividades desenvolvidas são baseadas nos princípios da economia solidária. “Além da zona urbana, todos os distritos já são atendidos pelo Feira Produtiva, que tem gerado trabalho e renda para as comunidades”, disse.
Moradora do Feira VII, Luzini Oliveira, 43, participa do Grupo Mãos que Realizam. Desde os 16 anos, ela se dedica ao artesanato. “Comecei fazendo laços infantis. Me aperfeiçoei através de cursos e hoje já faço trabalhos com materiais recicláveis”, conta.
 
Foi no artesanato que Luzini encontrou a oportunidade de gerar renda. “O que eu produzia vendia para os vizinhos e conhecidos. Mas, depois do Feira Produtiva, saí do anonimato para vender em feiras, espaços públicos e agora, no Mercado de Arte. Isso é muito gratificante”, revela.   
 
Evanilda Correira é também artesã. Boa parte do seu dia é dedicado a produção de bonecas de pano, pesos de porta, bichos de pelúcia e chaveiros. “Faço tudo com amor. Esse é o segredo para a qualidade do meu produto”, diz.
 
O estande do Feira Produtiva vai funcionar de segunda a sexta-feira. Será feito um sistema de rodízio, de modo que todas as associações possam expor durante o mês. O espaço está localizado na entrada do Mercado de Arte, na área do Centro de Informações Turísticas.

Fonte: Secom/PMFS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui