28 de fev de 2017

Fábrica de bíblias é incendiada e mais de 50.000 exemplares permanecem intactos


Incêndio devastou a Casa da Bíblia, mantida pela Sociedade Bíblica da Zâmbia, na África


Uma fábrica de Bíblias localizada em em Lusaka, capital da Zâmbia, foi tomada por um incêndio devastador. No entanto, além de não resultar em nenhuma vítima, o estoque que abrigava mais de 50 mil exemplares das Escrituras permaneceu intacto.
O incêndio na Casa da Bíblia, mantido pela Sociedade Bíblica da Zâmbia, se iniciou às 10h50, na última quarta-feira (8). As chamas também afetaram uma escola de contabilidade e uma loja de automóveis, que dividiam espaço com a fábrica bíblica no mesmo prédio.
Segundo o presidente do Conselho das Sociedades Bíblicas, Edwin Zulu, o armazém com mais de 50 mil Bíblias permaneceu intacto. Ele divulgou esta informação durante a visita ao local feita pelo Ministro Nacional de Assuntos Religiosos, Godfredah Sumaili.
“Eu gostaria de informar que as Bíblias, documentos e equipamento do escritório estão intactos. Apenas uma pequena parte do telhado do armazém onde as Bíblias foram estocadas sofreu danos”, disse Zulu.
Para o Rev. Sumaili, o fato de nenhuma pessoa ter sido morta é considerado um milagre. Zulu explicou ao ministro que o valor dos danos materiais ainda não foi quantificados e que a causa do incêndio ainda não foi identificada. Os danos do prédio da Casa da Bíblia serão encobertos por um seguro.
“O prédio está segurado e parte do estoque está segurada também, portanto, a Sociedade Bíblica ainda está em operação”, afirmou Zulu.
Alguns estudantes da escola de contabilidade suspeitam que o incêndio tenha se iniciado no armazém usado pelas lojas de automóveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui