23 de fev de 2017

Onze novos médicos concluem residência no HEC




Onze médicos concluíram, nesta terça-feira (21), o Programa de Residência Médica do Hospital Estadual da Criança (HEC) / Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI). Dez deles se especializaram em Pediatria e uma médica residente optou por Cirurgia Pediátrica.

De acordo com Tatiana Vieira, coordenadora do programa, o objetivo do HEC em ser também um centro formador é garantir que a missão da unidade hospitalar seja cumprida. “O HEC tem como uma de suas missões tornar-se um centro formador de excelência para oferecer o melhor e mais adequado atendimento à população baiana. Por isso, nos dedicamos neste programa e ele tem proporcionado a formação de diversos profissionais capacitados”, afirma.

A médica acrescenta: “Muitos desses profissionais concluem a residência e continuam trabalhando na unidade hospitalar como médicos especializados, ajudando na formação de novos colegas e, também, auxiliando seus preceptores e médicos mais antigos na unidade”.

Um dos profissionais que concluiu o programa é Isaac Américo Oliveira, residência em Pediatria. "Foram dois anos intensos, de muito aprendizado, muita emoção e muitas alegrias. O HEC me ajudou bastante a crescer como profissional e como ser humano, e agora me sinto pronto para cuidar do maior tesouro de alguém", declara.

Sobre a residência médica - É uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos e instituída pelo Decreto nº 80.281, de 5 de setembro de 1977. Ocorre em instituições de saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional, sendo considerada o “padrão ouro” da especialização médica.
No HEC, mais precisamente, os campos de estágios oferecidos neste programa englobam a emergência, a internação de pediatria geral, o ambulatório pediátrico geral, a unidade de cuidados intensivos pediátrico e neonatal, dentre outros.


Estágios também são realizados em unidades parceiras, a exemplo do Centro Obstétrico do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Quanto à formação cirúrgica, o médico cirurgião é formado nas vertentes de cirurgia pediátrica neonatal, geral, trauma e, também, adquire a formação básica em cirurgia pediátrica urológica, oncológica e vídeo-assistida.

Enviado por Paula Macedo. (Ascom - HEC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui