24 de fev de 2017

Pássaro raro é encontrado no Parque da Cidade de Feira de Santana

Mãe-da-Lua está sob os cuidados do Departamento de Áreas Verdes | Foto: Filipe Oliveira


Ave rara e eficiente na arte de se esconder, um filhote de mãe – da – lua foi encontrado nesta semana no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho. O pássaro, que estava caído no chão, foi resgatado e levado para o Departamento de Áreas Verdes, da Secretaria de Serviços Públicos, onde tem recebido os cuidados necessários para retornar ao seu habit natural.
 
Parado no tronco de um mandacaru, o filhote de mãe – da – lua utiliza sua plumagem para se camuflar. É preciso atenção, caso contrário, passaria facilmente despercebido. De pelagem cinza, as penas já dão sinais de crescimento. Mede menos de trinta centímetros.
 
“Essa é uma espécie que se alimenta de insetos e carnes”, diz o diretor de Áreas Verdes, Deodato Peixinho, que tem dedicado cuidados pela sobrevivência da ave. “Ela tem se alimentado bem e está reagindo. Esperamos que se desenvolva para ser devolvida ao seu verdadeiro habitat”.
 
Segundo Peixinho, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) já foi comunicado sobre o resgate da mãe – da – lua. O órgão tem com o Município uma ação compartilhada, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais. Dessa espécie foi o primeiro pássaro encontrado no Parque da Cidade.
 
Ave em extinção
 

O mãe – da – lua, que também é conhecido como urutau ou “pássaro-fantasma”, está em extinção. É uma espécie de hábitos noturnos. Por ter uma plumagem com a cor parecida com a do tronco das árvores, consegue se camuflar para se esconder de predadores. Quando adulto, mede entre 33 e 38 centímetros de comprimento e pesam entre 145 e 202 gramas.

Fonte: Secom / PMFS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui