22 de mar de 2017

48 horas em Morro de São Paulo


Belezas naturais, esportes radicais, mergulho, praias calmas ou agitadas e baladas que começam depois da meia noite e vão até de manhã. É isso mesmo, a paradisíaca Morro de São Paulo pulsa dia e noite sem parar, com opções para todos os gostos e idades.

Passar um final de semana no local mais conhecido do arquipélago de Tinharé requer muita disposição, a começar pela viagem, que só é possível por mar ou por ar, mas esta última opção é rara, pois não tem voos regulares.  

Mas se você pensa que é só isso, está enganado. A ilha ainda tem muita história para contar, que começa lá em 1531, quando foi descoberta. Cenário de pirataria e contrabando de mercadorias, a ilha presenciou a Segunda Guerra Mundial, quando os nazistas torpedearam e naufragaram os navios Arará e Itagiba em frente à Primeira Praia.

Para conhecer tudo, ou quase tudo, dois dias são poucos. Mas aqui vou priorizar os locais imperdíveis para quem tem apenas 48 horas. A começar pela praça, com a feirinha de artesanato, restaurantes com uma rica culinária e barracas com os mais variados drinques, além dos doces que já se tornaram tradição.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui