29 de mar de 2017

Exposição "Olhares sobre o Autismo" está aberta no Shopping Boulevard


Foto: Silvio Tito
Há pouco mais de um ano a policial militar, Neia Gonçalves, descobriu que o filho Bernardo, 4, é autista. Até os dois anos ele não falava e se comportava de forma diferente em relação às crianças de sua idade. “Era um bebezão de dois anos”, sintetiza.
 
A partir daí Neia procurou o neurologista. Na terceira consulta o diagnóstico se confirmou. “Chorei por uma semana sem parar. Mal conseguia me alimentar. Mas, depois percebi que eu precisava lutar pelo meu filho e fui buscar informações e tratamento para ele”.  
 
Agora, Neia e outras mães se uniram para “mostrar à sociedade que o autismo existe”. Fotografias de vinte e cinco crianças expostas em seis painéis, frente e verso, compõem a exposição “Olhares sobre o Autismo”, que foi aberta nesta segunda-feira, 27, e segue até o dia 2 de abril, no Boulevard Shopping. 

As imagens das crianças, a maioria de meninos, foram capturadas pelas lentes de Neia Gonçalves e também de Adrielle Ferreira. “Essa exposição é para mostrar para a sociedade que eles existem”, reforçou a mãe de Bernardo. A realização é da Família Azul.
 
“Essa exposição é uma mostra daquilo que não se vê, não se fala e que a sociedade ainda desconhece. É preciso falar sobre o autismo”, disse Cintia Souza, uma das idealizadoras do evento, e que também é mãe de autista.
 
A mostra fotográfica faz parte da semana de palestras, oficinas e mesa redonda que começa nesta terça-feira, 28, no Teatro Ângela Oliveira, do Centro de Cultura Maestro Miro, antecedendo o Dia Mundial de Conscientização do Autismo – 2 de abril, quando haverá uma caminhada na avenida Getúlio Vargas, a partir das 8h, saindo das imediações do Feira Palace Hotel com destino ao estacionamento da Prefeitura.
 
Fonte: Secom / PMFS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui