7 de abr de 2017

Aulas invertidas reúnem 250 alunos de Engenharia Civil da FTC


Promover aulas menos expositivas e utilizar melhor o tempo e o conhecimento do professor, praticando as metodologias ativas. A proposta foi aceita e durante dois dias, segunda-feira (3) e terça-feira (4), cerca de 250 estudantes de Engenharia Civil da FTC Feira de Santana participaram de aulas invertidas, no Auditório Professora Terezinha Mamona. A atividade envolveu professores de quatro disciplinas.

“É diferente. A participação dos alunos na discussão é mais proveitosa porque nos preparamos”, avaliou o estudante do 4º Semestre Antônio Romerito. Segundo ele, o fato de ter contato prévio com o conteúdo facilita a aprendizagem.  Avaliação semelhante à da professora Juliana Nunes, titular da disciplina Hidrologia, que reforça a questão da aplicabilidade do assunto em sala de aula.

Além de Hidrologia, os alunos, distribuídos em quatro turmas, tiveram aulas das disciplinas Solos, com a professora Heni Mirna; Resistência dos Materiais II, com Reynania Muniz; e Teoria das Estruturas, com Bethsaide Souza. Todos seguiram a proposta de indicação antecipada do conteúdo a ser aplicado, conforme sugerem as metodologias ativas, para que os alunos criassem situação problema para a discussão em aula.

Para o coordenador do Colegiado de Engenharia Civil, Ernesto Neiva, “o professor precisa estar aberto a essa nova proposta”, referindo-se à prática de menos exposição de conteúdo e mais prática. Ele assegurou que a resposta dos estudantes superou as expectativas, principalmente quanto à forma de discussão dos temas propostos a partir da problemática apresentada.

por Madalena de Jesus

Fonte: Ascom / FTC – Feira de Santana  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui