7 de abr de 2017

Pacientes da Oncologia do HEC recebem primeiras perucas confeccionadas com doações de cabelos




Desde outubro de 2016, o grupo de humanização do Hospital Estadual da Criança (HEC) / Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (LABCMI) está realizando uma campanha intitulada “Mostre a força dos seus cabelos – doe para quem precisa”, a fim de arrecadar doações para ajudar a confeccionar perucas a serem distribuídas para os pacientes internados e em tratamento no setor de Oncologia da unidade hospitalar.

Felizmente a quantidade de pessoas, de diferentes idades e de ambos os sexos, que se mobilizaram para cortar seus cabelos e doá-los foi tamanha que quinze perucas puderam ser confeccionadas com as doações delas. A primeira paciente que recebeu uma peruca foi I.O.S., 10 anos, que realiza tratamento para combater um câncer de ovário.

Ela conta que estava desejando ganhar uma peruca de cabelo natural, já que só tem duas perucas de material sintético. "Estou muito feliz. Hoje tive uma notícia boa, vou pra casa e ganhar essa peruca só tornou o meu dia ainda mais feliz", afirma.

Sua mãe, Joselita de Oliveira Marques, considera a ação muito boa. "É ótimo para o astral das crianças! Elas se recuperam mais rápido e isso estimula a vaidade delas. Aliás, tudo que esse hospital faz é de qualidade, só posso agradecer. Ela está radiante! Estava doida por uma peruca de cabelo natural", conta.

Outra paciente que recebeu doação de peruca foi N.F.G., 15 anos. Portadorra de leucemia. "Acho perfeito ter ganhado uma peruca. Estava querendo uma com cabelo natural porque as que tenho são de material sintético. Vou querer usar todo dia! Usar com tiaras, turbantes...", declara.

A mãe dela, Verônica Ribeiro Ferreira, acha a campanha muito importante. Isso porque ela conta que não tinha condições de comprar uma peruca natural para a filha.Pedi tanto a Deus que aparecesse uma pessoa para fazer a doação para ela... e vocês apareceram aqui! É um trabalho muito bonito. Tenho certeza que ela está feliz, não tenho dúvida!", enfatiza.

Gilmara Lopes, presidente do Grupo de Humanização do HEC, acredita que essas perucas vão contribuir significativamente com a melhora da autoestima das pacientes e, consequentemente, em seus tratamentos. “Muitas delas, ao verem a queda de cabelo, ficam abatidas, tristes, preocupadas com a imagem que veem refletida no espelho. Nós, do grupo de humanização, acreditamos que essa campanha só tem a contribuir com a qualidade de vida dessas pacientes”, pontua.

A campanha continua. Quem quiser doar cabelo, pode trazer na unidade hospitalar, situada na avenida Eduardo Fróes da Motta, s/n, bairro 35 BI (ao lado do Hospital Geral Clériston Andrade). O grupo de humanização também arrecada lenços e bonés. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (75) 3602-0408 ou (75) 3602-0366.

Enviado por Paula Macedo
Fonte: Ascom HEC


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui